Saltar para o conteúdo

Especialistas defendem limite de pessoas no Natal

17.12.2020 • 12:39
0

O governo reavaliará amanhã as medidas especiais para o Natal e a passagem de ano, mas os especialistas de saúde pública advertem para a necessidade de estipular um limite de pessoas e de bolhas familiares, à semelhança do que está a suceder por toda a Europa. Da mesma forma, consideram que deveria haver restrições à circulação entre concelhos. Os dados actuais da evolução da pandemia ainda não são suficientemente promissores para baixar a guarda nesta época festiva.

“Não sei se devemos apertar [as medidas], não devemos é reduzi-las no Natal. Nos Estados Unidos, o Dia de Acção de Graças levou a um aumento no número de casos, por exemplo. E quanto à gripe, tipicamente, a incidência maior tende a ocorrer no fim do ano ou no início do próximo. É fundamental que as pessoas não baixem a guarda.” Ricardo Mexia, Presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública

Fonte: Público

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.