Saltar para o conteúdo

Slow travel

14.07.2020 • 10:00
0

A pandemia atingiu o sector do Turismo no coração, mas ao mesmo tempo obriga os profissionais e as empresas a uma reflexão sobre o paradigma futuro das viagens e da forma de fazer turismo. O futuro do sector passa, necessariamente, pela sustentabilidade, por uma abordagem mais verde e em consonância com a defesa do planeta e as comunidades locais.

Destinos turísticos muito permeáveis ao turismo massificado, como Veneza, Amsterdão ou Barcelona, têm já em curso processos de reformulação da actividade turística. O objectivo passa por devover os destinos às comunidades locais.

Na era pós-Covid-19, viajar será totalmente diferente do paradigma da antiga normalidade.

Leia o artigo original, publicado no jornal The Guardian.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.