Saltar para o conteúdo

Bollywood e a pandemia

23.06.2020 • 15:33
0

A maior indústria cinematográfica do mundo ficou em suspenso, com a eclosão da pandemia, traduzindo-se numa impressionante perda orçamental superior a 330 milhões de dólares. Os cinemas fecharam as suas portas, as produtoras cancelaram as filmagens e os estúdios adiaram as estreias.

Os blockbusters “Sooryavanshi” e “83” que retrata a vitória da Índia no campeonato do mundo de cricket de 1983 foram adiados, por razões sanitárias. Só em 2018, a Índia produziu 1.800 filmes, mais do que qualquer outra indústria cinematográfica no mundo.

Por sua vez, a União dos Produtores da Índia – Producers Guild of India – criou um fundo de assistência para ajudar os cabeleireiros, maquilhadores e assistentes dos departamentos técnicos. Estabeleceu também parceria com o Conselho de Produtores Cinematográficos e Televisivos Indianos e com a Federação dos Funcionários Cinematográficos da Índia Ocidental para ajudar os trabalhadores mais afectados.

Leia o artigo original, publicado no site CNN Business.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.