Saltar para o conteúdo

A reabertura do Termalismo

15.06.2020 • 14:32
0

As termas começam hoje a abrir as suas portas aos utentes. Trata-se de uma reabertura gradual e necessariamente lenta, mediante o controlo sanitário rigoroso postulado pela Direcção-Geral de Saúde, sobretudo no que se refere à análise bacteriológica das águas minerais naturais.

Os resultados dos testes podem levar até 3 semanas a serem apurados, pelo que dos 46 estabelecimentos termais prontos a reabrir, apenas 2 termas reabriram hoje: as Termas de São Pedro do Sul e as Termas de Chaves.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) publicou este sábado uma orientação com os procedimentos a adoptar na reabertura e funcionamento dos estabelecimentos termais na actual fase epidémica da COVID-19.

Destacamos as principais linhas de orientação da DGS para o Termalismo:
* Disponibilização de soluções de base alcoólica para higienização das mãos e de máscara cirúrgica que o utente deverá usar sempre até entrar na consulta;
* Marcação de consultas por via não presencial;
* Assegurar um distanciamento de 2 metros entre os utentes e se tal não for possível, colocar separadores em acrílico;
* Ventilação adequada dos espaços;
* Reforço dos serviços de limpeza e desinfecção nos espaços e objectos de maior contacto;
* Preenchimento de um questionário de admissão do termalista para avaliação de eventuais sintomas sugestivos de Covid-19;
* A circulação nos espaços deverá ser realizada com os denominados “cobre-sapatos” ou chinelos de utilização única.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.