Saltar para o conteúdo

Passo a passo

18.05.2020 • 10:52
0

Começa hoje a segunda fase do desconfinamento gradual, com o levantamento de medidas de restrição que irão permitir a reabertura de uma série de espaços, entre os quais: museus, palácios, monumentos e sítios arqueológicos, restaurantes, cafés, estabelecimentos comerciais, creches, escolas, entre outros.

Um passo importante no sentido desta “nova normalidade” que se desenha. Sob o signo da segurança sanitária e da protecção individual, logo colectiva.

Hoje, dia 18 de Maio, celebra-se o Dia Internacional dos Museus. Uma feliz coincidência no dia em que Portugal se desconfina um pouco mais. E os museus, monumentos, palácios e sítios arqueológicos reabrem as suas portas. Um prenúncio de esperança no futuro.

Partilhamos o texto do Director do Mosteiro da Batalha, Património da Humanidade, Dr. Joaquim Ruivo, neste dia absolutamente marcante. Esta é, sem dúvida, uma nova oportunidade para os Portugueses se reconciliarem com o seu Património riquíssimo.

Os restaurantes também reabrem no dia de hoje. Após o duro período de quarentena, os restaurantes tiveram de se reinventar e apostaram nos serviços de take-away e de entrega ao domicílio. O sector da restauração foi duramente atingido pela crise do novo coronavírus. Esta segunda fase exigiu dos restaurantes uma nova abordagem, uma reconfiguração do espaço, uma nova interacção com os clientes, de forma a assegurar as normas de segurança sanitária preconizadas pela Direcção-Geral de Saúde. São inúmeros os desafios que o sector da restauração tem pela frente.

Partilhamos o texto do Chef Diogo Rocha que, em 2019, ganhou a sua primeira estrela Michelin, ao comando da cozinha do icónico restaurante Mesa de Lemos. É a “alma de um cozinheiro” que se revela, na sua plenitude. Apesar das adversidades, o optimismo e a confiança na extrema qualidade dos nossos produtos e dos nossos profissionais não poderão esmorecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.